Saúde

【DOR NAS COSTAS】Remédio Caseiro para Dor Muscular nas Costas

 

 

Obtendo um diagnóstico preciso da dor nas costas

Remédio Caseiro Para Dor nas Costas. Como as causas da dor nas costas são muitas vezes complexas e multifatoriais, é mais difícil obter um diagnóstico preciso para dores nas costas do que para outras condições médicas.

Embora alguns diagnósticos espinhais sejam relativamente diretos (como tumores, infecções ou fraturas), para muitas condições há pouco consenso entre os especialistas em coluna sobre o diagnóstico.

No entanto, obter um diagnóstico preciso da causa da dor nas costas lombar é crítico, porque diferentes diagnósticos exigirão abordagens de tratamento muito diferentes.

E quanto mais cedo for feito um diagnóstico preciso, mais cedo o paciente poderá encontrar um tratamento adequado para o alívio da dor e melhorar sua capacidade de desfrutar das atividades cotidianas.

Este artigo explica como obter um diagnóstico preciso, incluindo uma explicação de vários problemas comuns que os pacientes enfrentam quando tentam obter um diagnóstico da causa subjacente da dor nas costas em cima.

 

→ PRINCIPAIS DICAS FINAL DO ARTIGO

 

Quer ver depoimentos e dicas sobre Dor Lombar

Deixe seu comentário no vídeo abaixo!

Trabalhamos com amor e dentro do possível seu comentário será respondido!

Este conteúdo não substitui uma consulta medica!

#dietablogbr

 

(VÍDEO) → Como Prevenir a Dor Lombar? O Que Pode Ser?

 

Processo Diagnóstico

O diagnóstico médico, também chamado de diagnóstico clínico, serve para identificar a causa subjacente da dor nas costas do paciente.

Os profissionais médicos determinam a causa da dor do paciente através de uma combinação dos dois ou três passos seguintes:

– Uma revisão do histórico médico do paciente

O médico gastará tempo fazendo uma série de perguntas ao paciente, como uma descrição de quando a dor lombar, ciática ou outros sintomas ocorrem, uma descrição de como a dor se sente, quais atividades, posições ou tratamentos fazem a dor se sentir melhor e mais.

– Um Exame Físico

Os médicos farão um exame físico completo do paciente, como o teste da função do nervo e da força muscular em certas partes da perna ou do braço, testes de dor em determinadas posições e muito mais.

Normalmente, essa série de testes físicos dará ao profissional da coluna uma boa ideia do tipo de problema nas costas que o paciente tem.

– Teste de diagnóstico (talvez)

Após o médico ter uma boa ideia da origem da dor do paciente, um teste de diagnóstico, como tomografia computadorizada ou ressonância magnética, pode ser recomendado para confirmar a presença da causa suspeita do paciente: dor.

Por exemplo, se houver suspeita de um problema no disco, um teste de imagem pode fornecer uma imagem detalhada mostrando a localização e o tamanho da hérnia de disco e das raízes nervosas afetadas.

Os testes diagnósticos mais comuns incluem:

– Raios-X:

Fornecem detalhes das estruturas ósseas na coluna e são usados ​​para verificar a instabilidade (como espondilolistese), tumores e fraturas.

As tomografias computadorizadas, que são essencialmente um raio X muito detalhado, tiram imagens transversais do corpo.

Eles fornecem excelentes detalhes ósseos e também são capazes de imagens para condições específicas, como hérnia de disco ou estenose espinhal.

– Exames de ressonância magnética

São particularmente úteis para avaliar certas condições, fornecendo detalhes do disco (como para doença degenerativa do disco, espondilolistese ístmica) e raízes nervosas (como para hérnia de disco ou estenose espinhal).

Exames de ressonância magnética também são úteis para descartar tumores ou infecções espinhais. Antes que uma ressonância magnética seja realizada, o médico geralmente tem uma boa ideia do que está procurando.

E as imagens são mais comumente usadas para planejamento de injeção, planejamento pré-cirúrgico, como para uma microdiscectomia, fusão espinhal ou outros tipos de cirurgia nas costas.

Há uma série de outros estudos de imagem e elétricos que também podem ser usados ​​para ajudar a diagnosticar as causas da dor nas costas, e algumas injeções são usadas para fins de diagnóstico, bem como para o alívio da dor.

Apesar de todos os avanços no atendimento médico para dor nas costas, ainda há muita coisa que a ciência ainda não entende. Em particular, as causas da dor nas costas podem ser muito complexas, dificultando, às vezes, um diagnóstico preciso.

Idealmente, adotar uma abordagem proativa no processo de obtenção de um diagnóstico pode ajudar os pacientes a se encaminharem para a recuperação mais cedo e com menos desvios.

 

Problemas de terminologia

Muitos termos são usados ​​para descrever distúrbios da coluna vertebral, e os profissionais de saúde costumam usar termos diferentes.

Por exemplo, a mesma anormalidade do disco pode ser descrita como hérnia de disco, nervo comprimido, disco protuberante, disco protuberante, disco deslocado ou disco prolapsado.

Não há acordo no campo médico quanto à definição precisa de qualquer um desses termos.

Muitas vezes o paciente ouve o seu diagnóstico referido em diferentes termos por vários profissionais de saúde e se pergunta qual é o verdadeiro diagnóstico.

Além disso, a terminologia médica convencional pode, às vezes, ser enganosa para os que sofrem de dor nas costas.

Por exemplo, a doença degenerativa do disco não é realmente uma doença, mas sim uma condição degenerativa que às vezes pode produzir dor a partir de um disco danificado.

Enquanto os discos de todos degeneram à medida que envelhecem, nem todos desenvolverão sintomas dolorosos.

 

Testes diagnósticos não fornecem um diagnóstico

Em vez de focar na ressonância magnética ou outra terminologia de teste referente à anatomia espinhal, é mais útil que os pacientes se concentrem em entender o diagnóstico clínico para seus problemas nas costas.

Deve-se ter em mente que muitos termos médicos (como hérnia de disco) referem-se a achados radiográficos vistos em tomografia computadorizada ou ressonância magnética, mas os testes não podem determinar o que realmente está causando a dor nas costas e pulmão do paciente.

Um diagnóstico clínico preciso da dor nas costas do paciente baseia-se na correlação dos achados dos testes diagnósticos (como a ressonância magnética), com os sintomas específicos do paciente e com os achados do médico em um exame físico completo.

Testes diagnósticos são usados ​​para confirmar uma lesão anatômica (significando qualquer anormalidade ou doença) como causa da dor.

Eles são particularmente úteis para identificar a origem e a extensão da lesão (como hérnia de disco, disco degenerado ou o grau de espondilolistese), o que, por sua vez, auxilia no diagnóstico e no desenvolvimento de um plano de tratamento adequado.

 

Alguns testes de diagnóstico para problemas de coluna são controversos

Há pouco que todos os médicos concordam quando se trata de diagnosticar e tratar a dor nas costas.

Por exemplo, um discograma, que é uma técnica de injeção usada para determinar se um disco específico está gerando dor, é bastante controverso.

Se usados, os resultados do discograma precisam ser cuidadosamente correlacionados com outros testes e com os sintomas do paciente.

Existem outros testes que também são controversos e são usados ​​variavelmente por diferentes praticantes.

Estes incluem EMGs (eletromiografia), bloqueios seletivos de raízes nervosas e facetas.

Embora não haja um acordo completo sobre quando os testes devem ser feitos no processo de diagnóstico da causa da dor, é sempre importante que os resultados do teste precisem ser correlacionados com os sintomas do paciente e outros testes.

 

Quando não há razão anatômica para a dor nas costas

Embora seja difícil de acreditar, apesar de uma bateria de testes diagnósticos muitas vezes não há nenhuma razão anatômica que possa ser encontrada para explicar a dor de um paciente.

No entanto, mesmo que o médico não consiga identificar as causas da dor do paciente, a dor ainda é real e precisa ser tratada.

Especialistas em medicina da dor se concentram em fornecer diagnóstico, tratamento e técnicas para pessoas com dor crônica que não podem ser tratadas através de cirurgia.

Muitas clínicas de dor integradas também fornecem recursos de apoio, como um grupo de apoio e aconselhamento, bem como tratamentos médicos para controlar a dor nas costas.

 

Remedio Para Dor Nas Costas Tratamento CASEIRO

1. Remédio caseiro para má circulação

Um bom remédio caseiro para dor nas pernas causada pela má circulação sanguínea é massagear as pernas com o óleo de angico ou o óleo de rícino porque eles ajudam a melhorar a circulação sanguínea.

Ingredientes:

1 bacia com água morna
15 ml de óleo de angico ou o óleo de rícino
Modo de preparo:

Colocar o óleo na água morna, mergulhar os pés nessa água e esfregar as pernas com movimentos circulares.

Para potenciar esse tratamento caseiro, pode ainda esquentar algumas folhas de mamona com o ferro de passar roupa, e depois cobrir a perna com uma toalha aquecida, porque isto também traz mais conforto e alívio dos sintomas, principalmente nos dias mais frescos.

2. Óleo de angico

O óleo de angico tem propriedades fortificantes, lubrificantes, cicatrizantes, anestésicas, expectorantes e antibióticas e por isso seu óleo é bom para massagear as áreas doloridas das pernas.

É possível comprar o óleo pronto em algumas farmácias ou lojas de produtos naturais, ou mesmo fazê-lo em casa.

Ingredientes
200 gramas de entrecasca de angico;

Óleo de soja.

Modo de preparo
Colocar as cascas em um recipiente, cobri-las com o óleo de soja
Leve o recipiente com as cascas e o óleo ao fogo em banho Maria e deixe ferver por 30 minutos. Desligue e deixe esfriar!
O óleo está pronto! Agora é só aplicá-lo nas pernas fazendo uma massagem rotativa e suave.

3. Chá de manjericão

O chá de manjericão, um verdadeiro remédio natural muito útil para aliviar dores nas costas, deve ser consumido duas vezes ao dia, de preferência na parte da manhã e na hora de dormir.

Pegue dez folhas de manjericão e ferva em duas xícaras de água, espere o chá ficar em temperatura morna, coe e beba.

Dica: adicione gengibre no chá, este ingrediente também possui propriedades que podem ajudar a aliviar a dor nas costas.

ATUALIZADO: 17.04.18

No Comments

Leave a Reply